Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Minha reles vida - parte 2

É galerinha que lê meu blog, finalmente vou escrever a parte dois, repleta de emoções e aventuras e muito romance. Mentira, não é emocionante, não tem aventura e romance...bom, deixa isso pra lá.

Bom, onde eu estava? Ah sim, quando eu entrei no Guido. Entrei em 2003 na turma 1301,graças a um amigo meu que fez muita publicidade sobre o colégio pros meus pais, disse que lá era lindo, maravilhoso e que as garotas beijavam seus pés. Claro que ele era um grande mentiroso. E as garotas não beijavam meus pés, nem sequer me beijavam, me batiam, e só. Mas me achavam bonitinho, vai entender as mulheres? Acho que era a forma de demonstrar carinho. Ah! Não achem que elas só batiam nos bonitinhos, elas batiam em todo mundo, o que era engraçado. Tipo, muito engraçado. Tipo muito mesmo.

Mas voltando...Entrei na turma, e logo fiz amizades. Tanto com as pessoas da minha turma quanto das outras, mas teve uma menininha lá sabe, que acabou me fazendo gostar dela. E ai eu soube que ela gostava de mim e ai, sem mais nem menos, começamos a namorar.
Lembra quando eu falei que no meu primeiro namorico com a Natália, eu e ela não agíamos como namorados, mas dizíamos que éramos e andávamos de mão dadas(ok, eu não disse isso, mas andávamos.)?
Pois é. Dessa vez, eu nem falava com a minha namorada. Tipo, nem falava mesmo. Não era nem um boa tarde quando chegávamos no colégio, nem um simples ''oi''. Era um silêncio total. Mas era engraçado. Tipo, muito engraçado. Tipo muito mesmo.

Lembro até uma vez que a gente tava na fila da cantina e meu joelho tocou na perna dela. Cara, acho que o colégio inteiro comemorou com fogos e derivados. Tipo: ''Ó MEU DEUS! ELES SE TOCARAM!''. Detalhe: ela era minha namorada. O que era engraçado. Tipo, muito engraçado. Tipo, muito mesmo.

Enfim, ficamos dois anos nesse namoro bacana, até simulação de casamento teve. Com padre e tudo o mais, e madrinhas e padrinhos e todos aqueles outros convidados que só sorriem e dizem que tá tudo muito bonito.

Bom, até 2004 foi assim, eu no Guido, passando em tudo porque eu era um gênio, tinha uma namoro mudo e jogava bola direitinho. O incrível é que hoje em dia tudo isso se inverteu bizarramente. Mas, isso é outra parte da história...Quando eu no ano de 2005 vou pra quinta série e passo a estudar de manhã. Mas repito, é outra história engraçada. Tipo, muito engraçada. Tipo, muito mesmo. Não...pensando bem...não, não...é engraçada sim, eu acho...

_________________________________________________________________________________

Bom, agora vocês esperarão pela parte 3. Se ferraram porque terão de esperar.
Sim, é a Duda que eu falei que era minha namoradinha muda, antes que fiquem dizendo que eu não falei o nome dela e blá blá blá.

Próxima parte, eu já sou mais homenzinho e ai sim, começo a fazer ''fiu-fiu'' pras meninas.

Bom, beijoquinhas e tenham uma boa leitura. Se bem que você,s e chegou aqui é porque já leu tudo. Então se não foi boa, MORRA! Se foi, dê um sorriso e lembre que eu sou um colírio e portanto abra este link: http://colirios.capricho.abril.com.br/visualizar_colirios.php?idColirio=27890748527856038858 e vote em mim. MUITAS VEZES.

2 comentários:

Maria Eduarda disse...

HAHAHAHA muito obrigada por citar meu nome querido shdoshdis

Carina disse...

LOOL
mimimimimimi...eu te batia,mas não porque eu te achava bonitinho porque você tinha cara de besta mesmo XD
zoaa
gostei u_u